Quem é quem

Adriana Rigon Weska

Diretora-Geral

Graduada em Nutrição com Especialização em Nutrição Humana e Administração de Unidades de Alimentação e Nutrição, ambas pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), é Mestre em Gestão e Avaliação da Educação Pública, pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Foi Diretora de Desenvolvimento da Rede de Instituições Federais de Ensino Superior (DIFES) e Secretária de Educação Superior (substituta) da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação (SESU/MEC). Na UFMT, atuou como Pró-Reitora Administrativa, Pró-Reitora de Planejamento e Assessora da Reitoria. Desde maio de 2015, atuou como Diretora da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) no Brasil. Entre as suas principais funções, destacam-se a coordenação do processo de expansão/interiorização das universidades federais e a sua consequente reestruturação acadêmica, o protagonismo na interlocução entre a SESU/MEC e as Universidades Federais, a colaboração na elaboração da Política Nacional de Expansão das Escolas Médicas das Instituições Federais de Educação Superior e a colaboração na elaboração do Plano Nacional de Educação (PNE) 2014-2023.

CLÁUDIA GRIBOSKI

Diretora Executiva

Graduada em Pedagogia, é Mestre em Engenharia da Produção, na área de qualidade da gestão escolar pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e Doutora em Educação, com ênfase em gestão de políticas públicas de avaliação da educação pela Universidade de Brasília (UnB).
A professora Claudia Griboski tem atuações de destaque como Diretora de Políticas de Educação Especial (MEC), Diretora de Avaliação da Educação Superior (INEP/MEC) e Diretora de Avaliação e Informações Gerenciais e Presidente da Comissão Própria de Avaliação da UnB. Nesse período, foi presidente da Red Iberoamericana para el Aseguramiento de la Calidad en la Educación Superior (RIACES) e coordenou a implementação de programas governamentais como o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) incluindo o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes da Educação Superior (ENADE), o Sistema de Avaliação das Escolas de Governo (SAEG) e o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituições de Educação Superior (REVALIDA).

DÊNIO MENEZES DA SILVA

Diretor de Operações em Eventos

Graduado em Comunicação Social pela Faculdade de Comunicação e Turismo Hélio Alonso (FACHA), é Mestre em Gestão e Avaliação de Políticas Públicas pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e Especialista em Análise e Gestão de Políticas Educacionais, pela Universidade de Brasília (Unb). Começou sua carreira na área da Administração Pública, com ênfase em Administração Educacional, como servidor público federal do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), onde acumulou 45 anos de experiência. Nesse período, foi Diretor do Departamento de Operações Logísticas, Gerente dos Projetos de Material Escolar, de Desenvolvimento de Programas Especiais e de Administração de Postos, Coordenador do Programa de Expansão da Educação Profissional e Coordenador-Geral da Diretoria de Projetos do Ministério da Educação. Foi Subsecretário de Assuntos Administrativos do Ministério da Educação (MEC) e Diretor de Gestão das Operações Logísticas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e de outras avaliações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Desde 2016 esteve à frente da direção do Departamento de Planejamento e Gestão Interna do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) até assumir a Diretoria de Operações em Eventos do Cebraspe, seu cargo atual.

MARCUS VINÍCIUS ARAÚJO SOARES

Diretor de Educação e Avaliação

É Bacharel em Matemática pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Mestre pela Universidade de Brasília (UnB) e Doutor em Matemática pela University of California at Los Angeles (UCLA). Começou sua carreira no magistério superior como Professor Substituto na Universidade Federal de Viçosa (UFV), em 1986. Em 1987, efetivou-se como Professor Assistente nessa universidade e, em 1988, foi transferido para a Universidade de Brasília (UnB). Nesta instituição, foi chefe do Departamento de Matemática no período de 1997 a 1999 e, em 2000, começou a atuar no Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), exercendo inicialmente o cargo de Revisor da Coordenação Acadêmica. Desde então, teve várias atribuições no Cespe, tais como Gerente de Acesso ao Ensino Superior, Coordenador de Pesquisa em Avaliação e Coordenador Acadêmico. Já no Cebraspe, foi Diretor Acadêmico, Diretor de Instrumentos de Avaliação, Seleção e Certificação, Assessor Especial da Direção Geral e Coordenador de Planejamento e Controle de Eventos, até assumir a Diretoria de Educação e Avaliação da instituição, seu cargo atual.